Posts Tagged 'Formação'

Boato: Áudio circulando nas redes sociais afirma que será preciso ter o ensino médio completo para ser vigilante

Posted by:

BOATO: ÁUDIO CIRCULANDO NAS REDES SOCIAIS AFIRMA QUE SERÁ PRECISO TER O ENSINO MÉDIO COMPLETO PARA SER VIGILANTE

Áudio também anuncia que a reciclagem terá a duração de 10 dias e as provas serão corrigidas pela Polícia Federal

A internet pode ser uma boa ferramenta como fonte de informação, mas é preciso ficar atento se a fonte é confiável. Está circulando nas redes sociais, gerando transtorno e causando dúvida em muitos vigilantes, um boato de que para fazer o curso de formação de vigilante será preciso ter o ensino médio completo, a reciclagem terá duração de 10 dias e terá uma prova corrigida pela Polícia Federal.

As novas supostas exigências passariam a valer em fevereiro deste ano. Segundo o áudio, as determinações seriam de uma nova portaria da Polícia Federal. A CONTRASP – Confederação Nacional dos Trabalhadores de Segurança Privada apurou a informação e até o momento não foi constatada a veracidade do fato.

Não houve alteração na carga horária do curso de reciclagem, o qual continua seguindo a Portaria 3233/2012, que estabelece a carga horária já regida de 50 h/a, podendo ocorrer diariamente no máximo 10 h/a. E a Polícia Federal só recebe o histórico e valida a reciclagem do vigilante.

Veja a Portaria 3233/2012 no link:

Portaria 3233/2012

Para não haver dúvidas, explicamos: a última portaria da Polícia Federal relacionada à atividade da Segurança Privada foi a nº08/2015, a qual delega a atribuição de julgar em primeiro grau os processos administrativos punitivos em matéria de segurança privada ao Coordenador-Geral de Controle de Segurança Privada. Ou seja, nenhuma mudança recente.

Em relação à escolaridade do vigilante, a Lei 7.102, a qual rege a segurança privada, é clara: para ser vigilante é preciso ter instrução correspondente à quarta série do primeiro grau. Outra possibilidade seria uma alteração no Estatuto da Segurança Privada, que foi aprovado na Câmara dos Deputados, mas que ainda não foi aprovada no Senado: ainda assim, o requisito é ter concluído todas as etapas do ensino fundamental e não o ensino médio.

Entretanto, a CONTRASP orienta a todos os vigilantes a terminarem o ensino médio, uma vez em que os tomadores de serviços estão cada vez mais exigentes, tendo prioridade o vigilante com maior escolaridade.

Mais uma vez, a CONTRASP reforça que até o momento não encontrou a veracidade da informação divulgada nas redes sociais e ressalta o seu compromisso com a verdade.

Fonte: CONTRASP

0

Instrutores de Cursos de Formação são representados pelos Sindicato dos Vigilantes

Posted by:

FUNCIONÁRIOS E INSTRUTORES DE CURSOS DE FORMAÇÃO SÃO REPRESENTADOS PELOS SINDICATO DOS VIGILANTES

 

Portaria n. 19, do Ministério do Trabalho, enquadra escolas de formação de vigilantes como empresas de segurança

 

A Secretaria de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho e Previdência Social – MTPS publicou a Portaria nº 19, de 22 de março de 2016, aprovando o enunciado nº 68, sobre a vinculação das escolas e cursos de formação de segurança privada à categoria econômica das empresas de segurança privada.

No link abaixo é possível acessar a Nota Técnica nº 61/2016/GAB/SRT/MTE, em que constam fundamentos que motivaram a publicação da Portaria em questão, que também pode ser acessada no segundo link.

MTE – Portaria nº 19 de 22 de Março de 2016 Seção 01 Pag. 124

Nota Tecnica 61 2016 GAB SRT MTPS DOU

Fonte: FETRAVESP

 

0