Notícias

Sindseg Denuncia no MPT a Empresa Albatroz

Posted by:

SINDSEG DENUNCIA NO MPT A EMPRESA ALBATROZ

mptNa última sexta-feira, dia 28/10/2016, os diretores do SINDSEG juntamente com o jurídico protocolaram no MPT (Ministério Publico do Trabalho), em São José dos Campos, denúncia contra os atos ilegais praticados pela empresa Albatroz, com a conivência do BB (Banco do Brasil).

O Sindicato dos Vigilantes de Guaratinguetá e Região recebeu diversas denuncias dos vigilantes que trabalharam no Banco do Brasil, comunicando que foram vítimas de perseguições da empresa Albatroz e que muitos foram dispensados.

Há aproximadamente 02 anos a empresa Albatroz deixou de prestar serviço ao Banco do Brasil e na ocasião não cumpriu com diversas responsabilidades trabalhista o que levou o Sindicato a pedir na justiça o bloqueio de numerários para a quitação dessas pendências.

Entre os meses de maio a agosto deste ano aconteceu uma nova licitação para a Vigilância do BB da nossa região, tendo como vencedora a empresa Essencial que arrematou o lote 10, mas para a nossa surpresa foi a empresa Albatroz que assumiu os postos no dia 10/09/2016. Em um primeiro momento o receio dos vigilantes não serem admitidos não se concretizou, mas desde o dia 17/10/2016 vários trabalhadores vêm sendo dispensados sobre a alegação que não passaram nos primeiros 45 dias de experiência – isso é ilegal, tendo em vista que esses trabalhadores trabalharam em período anterior para a mesma empresa.

Para este SINDICATO o que está acontecendo é uma inescrupulosa perseguição por parte da empresa Albatroz, com conivência do Banco do Brasil, isso pelo fato de a maioria dos atuais vigilantes terem ingressado na Justiça pleiteando seus direitos. Tratasse de haveres rescisórias, posto que sequer as rescisões foram efetuadas a época.

O SINDSEG nunca se calará diante de ações como esta e lutará até o fim em favor desses trabalhadores, se colocando, inclusive, à disposição de todos vigilantes que tiveram seus direitos violados.

Denúncia no MPT

0
  Postagens Anteriores